quinta-feira, 17 de maio de 2012

O "QUINTAL"









O “QUINTAL”
De certo alguns, senão todos, os seguidores deste nosso espaço, se recordam do “quintal”, como a Susana lhe chamava…
Foi aí que fixamos residência logo interrompida para acompanhar a nossa filha. Depois de tudo passado… temo-nos ficado pela Figueira.
A verdade é que cá o rapaz, pensando que ainda tinha forças para isso, resolveu no ano passado plantar um cento de couves. Preparado o terreno, com uma maquineta que por lá existe, aí vai ele de enxada na mão. Os regos não têm mais que dois metros de comprimento. Pois… ao fim de cada rego, parecia um regador a deitar água e lá ia sentar-me a descansar. Andei quase uma semana para acabar…
Tínhamos que arranjar solução uma vez que havia muitas coisas a fazer. O “quintal” tem mais de 2.000 m2, com muitas árvores para tratar, e tudo o mais.
A solução… foi arranjar “uns caseiros”, lembram-se?  E arranjamos mesmo, sem custos para ambos os lados, para além das despesas de manutenção, claro.

Agora estamos a construir um “quintal” no terraço do apartamento. Vamos "produzir", sobretudo orquídeas, cujo destino devem imaginar.
Os vasos já lá estão e um já deu uma flor.

Vejam. Vai ficar lindo

4 comentários:

sideny disse...

Olá Sr Bàrtolo

Belissimo o seu terraço.

Espero que as flores se dêem bem aí nesse belo terraço.

E as fotos do seu quintal estâo muito bonitas:))

beijinhos para si e tudo de bom

JMBártolo disse...

Obrigado e bom fim de semana. Vê-se tudo lá do alto, até o mar...mas
não é como o original. Beijinhos

BRANCAMAR disse...

Olá Pai Bártolo,

Adorei ver as fotografias do "Quintal", como lhe chamava a Susana e o pátio onde ela se sentava a disfrutar da paisagem e dos "bichos".

Já por cá tinha espreitado, mas não pude escrever logo. Estive toda a semana em Leiria, devido a uma hospitalização da filha no hospital local, mas já está tudo normalizado.

Eu também tenho na varanda um vaso de orquídeas que a Rita me ofereceu no dia da mãe há dois anos, no primeiro ano deu um cacho de orquídeas lindíssimas, este ano nem por isso, mas não admira, deve ter sentido a diferença na mudança de instalações. Também penso cultivar mais, quem sabe um dia que volte a Coimbra as nossas orquídeas se encontrem, :))

Beijinhos
Branca

JMBártolo disse...

Olá Tia
Já tinha estranhado, mas... sabe como é. Espero que a Ritinha já esteja melhor.

Pois nós estamos a experimentar no terraço da Figueira. Vamos vêr se se dão bem. Elas já apareceram com bastantes rebentos novos. Pensávamos que seriam flores novas, mas parece que não. Vamos esperar.
Entretanto levamos da loja...
Beijinhos