terça-feira, 23 de outubro de 2012


O MEU 7º ANIVERSÁRIO


É verdade. Passam hoje sete anos sobre o dia em que “renasci”. Tenho, por isso, sete anos de idade.
Foi no dia 23 de Outubro de 2005 que sofri um violento enfarte do miocárdio (ataque cardíaco), que me destruiu o meu coraçãozito, deixando-o reduzido a cerca de 25/30%.
Os meus amigos médicos do Serviço de Cardiologia dos HUC, conseguirem manter-me cá e depois de uma semana nos cuidados intensivos, fui para casa.
Fui andando e na primeira consulta, passados cerca de seis meses, foi-me prescrita a implantação urgente de um CDI (cardio desfribilhador implantável).
O implante foi efectuado em 13 de Julho de 2006.
Embora esse facto, só por si, não ofereça grandes problemas a verdade é que passei por algumas complicações.
Para ajudar em Outubro do mesmo ano foi diagnosticado cancro à minha filha Susana. O que aconteceu de seguida, já todos sabem.
Foram anos difíceis.
Reconheço que fui salvo naquela noite para puder ajudar a minha filha o que cumpri da melhor forma que pude.
Agora cá andamos, eu e a minha mulher, eu com as minhas mazelas e ela também não está bem.  Apoiamo-nos um ao outro, enquanto podemos.
O meu grilo pode falhar em qualquer altura. Ela continua a passar por momentos difíceis com os seus episódios de amnésia. Até agora, ao fim de algumas horas de ausência, tem regressado.
Nem quero pensar que algum dia não regresse.
Claro que está a ser seguida, mas dizem os especialistas que não é nada físico. A verdade é que já aconteceu seis vezes.

Mas hoje é o meu 7º aniversário... e prontos, ficamos assim.

Beijinhos e abraços para todos os que por aqui passam.

2 comentários:

BRANCAMAR disse...

Pai Bártolo,

Ainda bem que é o 7º aniversário, sinal que tudo tem corrido bem e assim como acompanhou com dedicação a Susana, também estará aí para acompanhar a mãe São. Há-de correr tudo bem com ela, se os médicos dizem não ser nada físico, quem sabe é o estado emocional. Foram duros os dias que passaram por vós, mas a vida ainda tem muitos mais dias para vos recompensar com a linda afilhada que têm e tantos outros valores de amizade e família.

Tudo de bom e parabéns pela resistência e bom aspecto, apesar destas peripécias.

Beijinhos
Tia Branca

JMBártolo disse...

Olá Tia:
Muito obrigado pelo interesse.
Depois do dia 14 vamos ver como está a máquina. Tenho a impressão que precisa de uma afinadela...
Beijinhos